É possível estudar Medicina em Portugal?

É possível estudar Medicina em Portugal?

É possível estudar Medicina em Portugal?

Em primeiro lugar é importante saber que os cursos de Medicina são oferecidos apenas pelas universidades públicas. Entretanto, o Governo Português proíbe a candidatura aos cursos de Medicina para o estudante internacional

 

Com este Estatuto de Estudante Internacional é possível apenas fazer mestrados (isolados) ou doutorados em Medicina, e nestes casos, o estudante deve apresentar o seu diploma de medicina, entre outros documentos para tal candidatura.

 

Há brasileiros que cursam Medicina em Portugal? Como é possível então?

 

Opção 1 – Residir Legalmente em Portugal há mais de 2 anos (sem interrupção)

Neste caso, deverá possuir a sua autorização de residência, NIF, entre outros documentos que comprovam que reside em Portugal há mais de 2 anos legalmente. É importante informar que, no mínimo, estes 2 anos deverão estar completos até o dia 31 de Agosto do ano letivo que pretende estudar na universidade.

 

Opção 2 – Solicitar o Estatuto de Igualdade de Direito e Deveres

Para solicitar este estatuto, deve residir em Portugal durante 6 meses e após este período deve soliciar o Estatudo de Igualdade de Direitos e Deveres.

 

Esse processo não é tão rápido, pode levar até 8 meses, e somente após receber tal estatuto é que poderá inscrever-se no Concurso Nacional para prestar o exame, e assim, concorrer a uma vaga em Medicina.

Quais os benefícios aos brasileiros que recebem o Estatuto de Igualdade?

  • Permissão para concorrer em concursos públicos;
  • Direito ao voto nas eleições municipais (obriga-se ainda a possuir autorização de residência há mais de dois anos);
  • Permissão de candidatura como político para as eleições locais (obriga-se ainda a possuir autorização de residência há mais de quatro anos);
  • Permissão de concorrer a bolsas de estudo nacionais

 

Opção 3 – Ter pai ou mãe com Cidadania Portuguesa ou outra Cidadania Europeia

Esta foi a grande novidade no novo Estatuto do Estudante Internacional, ou seja, o estudante que apenas tem a cidadania brasileira, mas que o pai ou a mãe tenha uma cidadania europeia perde automaticamente o status de Estudante Internacional e passa a ser obrigado a realizar o Exame Nacional em Portugal. É o que diz o item 9 do Art. 3º do Decreto-Lei nº 62/2018.

 

Vale lembrar que a concorrência para os cursos de Medicina é grande. Portanto, se pretende concorrer a uma vaga, estude muito e consiga boas notas no exame nacional português.Consulte ainda os cursos preparatórios disponíveis.

 

Veja algumas vantagens em estudar medicina em Portugal:

  • Estudar em universidades reconhecidas mundialmente
  • Experiência internacional
  • Baixo custo (o valor não chega a 880€ por ano)
  • Algumas disciplinas ministradas em inglês
  • Possibilidade de intercâmbio, pelo Programa Erasmus, em outros países da Europa durante 6 meses a 1 ano.

 

Brasileiro com Cidadania Portuguesa: Consulte a Cota para Contingente Especial de Emigrantes Portugueses.

Medicina Dentária

Se Medicina Dentária é o seu objetivo, aí sim é possível fazer o seu mestrado integrado em Portugal!

A candidatura para o estudante internacional (pela nota do ENEM) pode ser feita em instituições privadas e algumas públicas também.

 

Fale com a EduPortugal e receba mais informações sobre como ingressar nas universidades portuguesas, com ou sem a cidadania europeia.

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *