Graduação em Portugal sem a Nota do ENEM? Sim, é possível!

Graduação em Portugal sem a Nota do ENEM? Sim, é possível!

Graduação em Portugal sem a Nota do ENEM? Sim, é possível!

É cidadão brasileiro e gostaria de ingressar numa Instituição de ensino superior portuguesa, porém não realizou o seu exame do ENEM ou não tem mais as notas válidas? Não se preocupe, existe forma de contornar a falta da nota e estudar em Portugal.

 

 

Opção 1 | Realizar a Prova de Ingresso nas Instituições Permitidas

 

As provas de ingresso substituem as notas do ENEM e funcionam como uma espécie de “vestibular”. A diferença é que você realiza apenas a prova específica da universidade e do curso que pretende ingressar e não uma prova geral.

Essas provas são realizadas em Portugal e há algumas instituições que possuem um protocolo especial com a EduPortugal e podem ser feitas também no Brasil. Saibam aqui quais são elas:

 

A grande vantagem em realizar as provas no Brasil é a economia financeira e de tempo. Assim, poderá dedicar-se mais aos estudos.

Dica: Consulte os nossos cursos preparatórios para conseguir melhores resultados nas provas de ingresso ou no exame nacional.

 

Opção 2 | Realizar o “Ano Zero” ou Período Preparatório

Nesse ano você fica cursando um número reduzido de disciplinas que ajudam a integrar-se na instituição e com matérias do curso que você pretende realizar na sua graduação.

Terminado o ano ou o semestre pré-universitário, você terá que cursar prova para ingresso na própria instituição.

Estas opções são possível na:

 

Opção 3 | Reside legalmente em Portugal?

No caso de não residir em Portugal será necessário prestar o exame de acesso da própria instituição ou vestibular (veja a opção 1).

Do contrário, se você residir em Portugal a situação se torna diferente:

  • Residente por um período igual ou superior a seis meses: poderá pedir o estatuto de igualdade. Este estatuto só pode ser solicitado se for maior de idade, cidadão de nacionalidade brasileira e com título de residência válido em Portugal. Seguidamente, poderá inscrever-se, nos termos de igualdade, numa escola secundária (da sua zona de residência) e realizar o exame nacional de acesso ao ensino superior, como qualquer outro cidadão português.
  • Residente por um período superior a 2 anos, então poderá passar de imediato à inscrição na escola secundária da sua residência e realizar o exame nacional.

Os exames nacionais portugueses acontecem em junho (1ª fase) e julho (2ªfase).

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Inscreva-se em nossa newsletter


Outros Links

EduPortugal

Portal online, mantido por Instituições de Ensino Portuguesas, que auxilia os brasileiros interessados em estudar graduação, pós-graduação, mestrado ou doutorado em Portugal. Fornecemos suporte online para que você se sinta seguro e tranquilo durante todo o processo de candidatura até a sua estadia em Portugal.

Contato

Email: info@eduportugal.eu
Telefone/WhatsApp: +351 912 862 909
Messenger Facebook