Incêndios Florestais

COMEÇO:
outubro
INSTITUIÇÃO DE ENSINO:
ISLA Santarém
ID:
PG
CREDITOS:
32

Instituições de Ensino:

Endereço

Largo Cândido dos Reis, 2000-241 Santarém   Ver mapa

Categorias

Pós-Graduação

Apresentação

O curso de pós-graduação em incêndios florestais tem por objetivo capacitar os agentes intervenientes no fenómeno dos incêndios florestais – desde as fases de prevenção/pré-supressão às de recuperação de áreas ardidas – com conhecimentos e ferramentas técnicas que lhes permitam desempenhar as suas tarefas de forma mais competente, seja ao nível da definição de política florestal e de emergência, do planeamento estratégico e operacional à macro ou pequena escala, da execução de obra, ou na direção, controlo e suporte técnico de ocorrências de incêndio florestal.

 

Objetivos

No final do curso as pessoas participantes ficarão habilitados a:

  • Conhecer o processo de decisão aplicado aos incêndios florestais.
  • Compreender o fenômeno do fogo, da perspectiva técnica e científica, social e econômica.
  • Entender o território e o seu risco, na ótica dos incêndios florestais, e utilizar ferramentas técnicas de apoio à sua gestão.
  • Aportar conhecimento diferenciado aos teatros de operações, enquanto especialistas técnicos.
  • Analisar os incêndios, a sua progressão, pontos críticos e oportunidades, enquanto agentes de supressão.
  • Aplicar técnicas e ferramentas de recuperação de áreas ardidas, tornando-as mais resilientes.

 

Destinatários

  • Gestores florestais da administração central, local, do movimento associativo/cooperativo e de entidades privadas;
  • Gestores de risco florestal, de ambiente e do território, incluindo técnicos dos serviços municipais de proteção civil e técnicos/peritos das seguradoras;
  • Chefias das unidades de supressão, incluindo chefias nacionais, distritais e de célula da Autoridade Nacional de Proteção Civil, comandantes, oficiais bombeiros e outros elementos de corpos de bombeiros/agentes de proteção civil, comandantes e chefias da Força Especial de Bombeiros e comandantes e chefias do Grupo de Intervenção de Proteção e Socorro;
  • Autarcas responsáveis pelas áreas da florestal, ambiente, território e proteção civil.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.