Serviço Social

ULP logo curso eduportugal

COMEÇO:
setembro
INSTITUIÇÃO DE ENSINO:
Lusófona | Porto
ID:
LC
CREDITOS:
180

Instituições de Ensino:

Endereço

R. de Augusto Rosa 24, 4000-098 Porto   Ver mapa

Categorias

Licenciatura

Apresentação do Curso

As mudanças societárias e os problemas sociais e de relações humanas que originam, configuram desafios que recaem sobre os/as assistentes sociais quer na sua prática direta quer no planeamento e gestão de programas, projetos sociais.
A licenciatura em Serviço Social na ULP, concebida num plano de estudos que privilegia as unidades específicas de Serviço Social complementadas por outras das ciências sociais e humanas, visa a compreensão dos problemas sociais considerando as dimensões estruturas e conjunturais individuais e coletivas. Em todas as Unidades Curriculares fortalecem-se os fundamentos teóricos, e os princípios dos direitos humanos da justiça e da responsabilidade social. Mas, tendo em conta as exigências de conhecimento e perícia técnica e a construção de uma relação profissional balizada em competências e valores profissionais, o plano articula instâncias teóricas com outras de vivência experiencial. Valorizam-se em particular os Núcleos de Estudos (1º e 2º ano) e os Estágios (2º e 3º ano) estes com a supervisão partilhada sistemática e programada. Em ambas as instâncias o/a estudante progressivamente observa, analisa e interpreta o social e os seus problemas, contribuindo para as dimensões teórico-metodológicas técnico- operativas e ético-políticas características da profissão.

 

Objetivos

  • Habilitar para o exercício profissional de assistente social;
  • Capacitar para a interpretação crítica da realidade e dos problemas da sociedade atual em permanente mudança, estabelecendo os fundamentos teóricos, éticos e metodológicos adequados a diferentes problemáticas e contextos sociais e institucionais;
  • Garantir o domínio técnico-operativo sedimentado no conhecimento e na experiência, desenvolvendo competências específicas para o desempenho profissional;
  • Incrementar o sentido da identidade inerente a este corpo profissional e ao seu agir;
  • Estimular uma atitude investigativa que possibilita a criatividade para formas de intervenção mais participativas inovadoras e criticas, e a qualificação em novos patamares académicos;
  • Reconhecer e/ou superar limites, desenvolver a autoestima,
  • Desenvolver e/ou reforça capacidades pessoais e sociais enquanto suporte das capacidades e competências profissionais.
  • Reconhecer o valor do trabalho em equipa.

 

Saídas Profissionais

Os assistentes sociais atuam em diferentes áreas: Saúde, Educação, Justiça, Segurança Social, Habitação, em organismos públicos ou privados e outras entidades da Economia Social como, Misericórdias, IPSS, Associações Movimentos Sociais, Sindicatos, Cooperativas e Associações Mutualistas e Fundações, tanto na função de trabalho direto com a população e suas necessidades quer função de diretor técnico ou assessor.
O poder local (autarquias) dado o aumento das suas competências tem vindo a tornar-se um forte empregador destes profissionais.
O profissional de Serviço Social poderá ainda exercer a sua atividade em projetos próprios de empreendedorismo, ou regime de profissão liberal, em através de assessoria e consultoria.

O poder local (autarquias) dado o aumento das suas competências tem vindo a tornar-se um forte empregador destes profissionais.
O profissional de Serviço Social poderá exercer a sua atividade em projetos próprios de empreendedorismo, ou regime de profissão liberal, em através de assessoria e consultoria.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.