Química Medicinal

FCTUC Logo Curso eduportugal

COMEÇO:
setembro
INSTITUIÇÃO DE ENSINO:
FCTUC | DQ
ID:
ME
CREDITOS:
120

Instituições de Ensino:

Endereço

Rua Sílvio Lima, Pólo II da Universidade de Coimbra, 3030-790 Coimbra   Ver mapa

Categorias

Mestrado

Objetivos do Curso

A Química Medicinal encontra-se na intersecção de domínios científicos como a Química, as Ciências da Vida (nomeadamente a Bioquímica) e as Ciências da Saúde (especificamente a Farmácia e a Medicina). Neste encontro valoriza-se a interdisciplinaridade e privilegia-se uma visão integradora dos conhecimentos.

  • Estímulo da criatividade individual e do trabalho em equipa multidisciplinar;
  • Competências em modelação de propriedades moleculares e supra-moleculares;
  • Conhecimentos funcionais (saber-fazer) na síntese e caracterização de moléculas com interesse farmacêutico;
  • Compreensão dos problemas emergentes no desenvolvimento de medicamentos inovadores;
  • Apropriação e manipulação de conceitos fundamentais das Ciências da Vida e da Saúde pertinentes na descoberta e desenvolvimento de fármacos;
  • Reconhecimento de alvos terapêuticos;
  • Capacidade de planear, executar, interpretar e comunicar experiências laboratoriais.

 

Saídas Profissionais

O mestre em Química Medicinal é formado para ser um elemento pivô nos laboratórios dos centros de investigação e desenvolvimento de fármacos. A sua empregabilidade será maior na indústria farmacêutica, empresas de desenvolvimento por contrato (CRO), laboratórios académicos ou hospitalares, etc.

 

Objetivos da Aprendizagem e Competências a Desenvolver

Competências primordiais:

  • Formação interdisciplinar, proporcionada por especialistas em Química, Ciências da Vida, Farmácia e Medicina, que se unem nesta proposta de forma única em Portugal;
  • Espírito de empreendedorismo e inovação, alimentado por uma estrutura curricular em que o aluno é estimulado a desenvolver as suas próprias ideias, a confrontá-las com os pares e com os avaliadores, a fazer a prova de conceito e a quantificar as suas milestones e necessidades de financiamento.

Competências específicas:

  • Conhecimentos funcionais na síntese e caracterização de moléculas com interesse farmacêutico;
  • Compreensão dos problemas emergentes no desenvolvimento de medicamentos inovadores;
  • Apropriação e manipulação de conceitos fundamentais das Ciências da Vida e da Saúde;
  • Reconhecimento de alvos terapêuticos;
  • Capacidade de planear, executar, interpretar e comunicar experiências laboratoriais;
  • Análise crítica da literatura científica e das patentes da área farmacêutica;
  • Conhecimento dos requisitos dos ensaios não-clínicos.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.