Psicologia

UEvora logo institucional eduportugal

COMEÇO:
setembro
INSTITUIÇÃO DE ENSINO:
UÉvora | ECS
ID:
ME
CREDITOS:
120

Instituições de Ensino:

Endereço

Escola de Ciências Sociais - Colégio do Espírito Santo Largo dos Colegiais, 2 Apartado 94 - 7002-554 Évora   Ver mapa

Categorias

Mestrado

Apresentação do Curso

O Mestrado em Psicologia da Universidade de Évora tem duas áreas de especialização, a Psicologia Clínica e a Psicologia da Educação, e visa aprofundar os conhecimentos na área científica da Psicologia, bem como o desenvolvimento de competências de avaliação, análise e intervenção psicológica. Através deste Mestrado procura-se ainda que os mestrandos desenvolvam as suas competências pessoais e interpessoais indispensáveis ao exercício profissional.

Este 2º ciclo tem a duração de dois anos letivos que incluem a realização de um estágio curricular e de uma dissertação. Desta forma, e de acordo com o EuroPsy (Certificado Europeu de Psicologia), que regulamenta e reconhece a formação de psicólogos e psicólogas na Europa, este 2º ciclo completa a formação obtida no 1º ciclo, sendo um espaço de desenvolvimento científico, profissional e pessoal, que permite a construção do conhecimento e das competências necessárias para o trabalho e a investigação na área da Psicologia.

 

Saídas Profissionais

Após realização do estágio profissional e, no caso dos profissionais que pretendam trabalhar em Portugal e que possuam a certificação pela Ordem dos Psicólogos Portugueses, os/as psicólogos/as podem trabalhar em Serviços, Instituições e Organizações, públicos ou privados, que possibilitem uma intervenção psicológica promotora do desenvolvimento e do bem-estar das pessoas, grupos e organizações. São exemplos os seguintes âmbitos: Saúde (hospitais, centros de saúde, serviços de emergência, entre outros); Educação, Formação e Investigação (escolas, instituições de educação especial, serviços de formação profissional, ensino e investigação, entre outros); Apoio e Solidariedade Social (lares, associações de intervenção social e comunitária, organizações não governamentais, etc.); Justiça e Reinserção Social (tribunais, estabelecimentos prisionais, centros de acolhimento, etc.); Empresas; Administração Pública central, regional e local; Prática privada.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.