Prática Avançada de Fisioterapia em Neurologia

eduportugal instituto politecnico de setubal eduportugal

COMEÇO:
setembro
INSTITUIÇÃO DE ENSINO:
IPS | ESS
ID:
ME
CREDITOS:
90

Instituições de Ensino:

Endereço

Campus do IPS Estefanilha 2914 - 503, Setúbal   Ver mapa

Categorias

Mestrado

Apresentação do Curso

O Mestrado em Prática Avançada de Fisioterapia em Neurologia apresenta um plano de estudos que pretende ir ao encontro das necessidades de formação dos Fisioterapeutas a trabalhar na área das condições neurológicas. O programa foi definido de modo a que, ao longo do primeiro ano, os mestrandos tenham contacto com utentes (reais ou simulados) nas Unidades Curriculares (UC) de Prática Avançada em Fisioterapia Neurológica I e II, sendo promovida a integração do conhecimento e competências clínicas desenvolvidas a partir de outras UC (p.e. Exercício aplicado a condições neurológicas; Neurociência e controlo motor; Tecnologia aliada à Fisioterapia em Neurologia; Gestão avançada de condições neurológicas crónicas). Será, assim, promovida uma aprendizagem simulada e situada, com discussão e análise da sua transferência para diferentes contextos de prática. Serão, igualmente, discutidos modelos de práticas da fisioterapia em neurologia e promovida a reflexão acerca da sua prática profissional.

 

Objetivos

 

Com este curso, espera-se que os mestrandos demonstrem:

  • Capacidade de raciocínio clínico avançado, analisando os resultados da avaliação em fisioterapia em condições neurológicas e situações complexas e/ou imprevisíveis;
  • Capacidade para desenvolver e implementar planos de intervenção individualizados, integrando a sua análise crítica da evidência disponível, riscos e benefícios, para ir ao encontro das necessidades do utente/ família/ cuidadores;
  • Auto-avaliação da sua prática através da reflexão crítica do seu desempenho e feedback a pares/outros, utilizando essa reflexão para informar a prática futura e desenvolvimento profissional;
  • Capacidade para desenhar, planear e conduzir projetos de investigação/melhoria da qualidade para responder a problemas complexos, bem como para disseminar os seus resultados, contribuindo para inovar os processos de investigação e prática profissional em condições neurológicas.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.