Metodologias de Programação e Robótica no Ensino Básico

Download da Brochura

COMEÇO:
10/2019
INSTITUIÇÃO DE ENSINO:
IPiaget | ESE JP
ID:
PG
CREDITOS:
60

Instituições de Ensino:

Endereço

Alameda Jean Piaget, 106 4405-678 — Vila Nova de Gaia   Ver mapa

Categorias

Pós-Graduação

Apresentação do Curso

Os desafios impostos pela sociedade da informação, o desenvolvimento tecnológico e a ubiquidade das TIC na sociedade compelem a uma mudança no paradigma de ensinar e aprender que esteja adequado ao perfil do estudante do século XXI.

Este enquadramento, aliado à atual conjuntura que permeia o espaço escolar, justifica a proposta de uma formação inovadora, atrativa, incisiva e eficaz, tendo em conta o que consideramos ser uma necessidade efetiva e imediata – uma oportunidade acrescida, tendo em vista o aumento exponencial da oferta de “programação” no ensino básico e sendo prevista a sua obrigatoriedade a partir do próximo ano letivo.

Esta formação possui duas características que vão ao encontro das necessidades sentidas pelos professores e das atuais exigências da escola: por um lado, cria condições para o desenvolvimento de competências na área da tecnologia educativa e, por outro lado, contribui para a aquisição de conhecimentos que possibilitem o desenvolvimento de projetos e a qualificação para o exercício de funções de coordenação e consultoria de projetos e atividades curriculares e apoio às áreas específicas.

Nos termos da alínea e) do n.º 1 do Art.º 3.º do Decreto-Lei 95/97 de 23 abril, o curso enquadra-se na área de formação especializada de organização e desenvolvimento curricular.

 

Objetivos

  • Formar quadros especializados que possam desenvolver projetos com crianças e jovens do ensino básico (1.º ao 3.º ciclo), que envolvam recursos digitais de forma crítica e transversal ao currículo, e/ou de apoio às áreas curriculares específicas.
  • Permitir aos docentes de todos os níveis de ensino uma formação adequada na área da inovação/tecnologia educativa, programação, robótica e dispositivos móveis, que lhes permitam desenvolver atividades no ensino básico.
  • Proporcionar uma abordagem teórico-prática que facilite a utilização da tecnologia multimédia centrada na aprendizagem, de forma a contribuir para os processos de inovação educacional, em articulação com o projeto educativo da escola.

 

Saídas Profissionais

  • Desenvolvimento de projetos com crianças e jovens do ensino básico (1.º ao 3.º ciclo) que envolvam recursos digitais de forma crítica e transversal ao currículo, e/ou de apoio às áreas curriculares específicas;
  • Realização de atividades na área da inovação/tecnologia educativa, programação, robótica e dispositivos móveis em contextos formais e não formais de Educação;
  • Acompanhamento de atividades extracurriculares;
  • Elaboração, avaliação e divulgação de recursos digitais multimédia;
  • Participação em projetos educativos, de inovação pedagógica e de investigação.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *