Imagem Médica e Radioterapia

Logo Institucional Universidade de Aveiro eduportugal

COMEÇO:
setembro
INSTITUIÇÃO DE ENSINO:
UA
ID:
LC
CREDITOS:
240

Instituições de Ensino:

Endereço

Campus Universitário de Santiago 3810-193 Aveiro Portuga   Ver mapa

Categorias

Licenciatura

Apresentação do Curso

Esta licenciatura objetiva a formação nas áreas de Radiologia, Radioterapia e Medicina Nuclear, qualificando o licenciado para o exercício profissional nessas áreas e visando uma maior aproximação aos modelos de formação a nível Europeu.

No final do ciclo de estudos em IMR o estudante (futuro profissional) deverá ter adquirido competências para:

Realizar e avaliar, com responsabilidade e seguindo boas práticas, estudos de imagem diagnóstica nas áreas de Radiologia Convencional (RC), Tomografia Computorizada (TC), Ressonância Magnética (RM), Densitometria Óssea, Tomografia por Emissão de Positrões (PET), Tomografia Computorizada por Emissão de Fotão Único (SPECT) e colaborar na realização de procedimentos médicos assistidos por imagem (e.g., Intervenção, Bloco Operatório);

Preparar e administrar radiofármacos e meios de contraste;

Efetuar planeamento dosimétrico e simulação (convencional e virtual) de tratamento oncológico;

Utilizar técnicas clássicas e avançadas de radioterapia (3D Conformal Radiation Therapy, Intensity Modulated Radiation Therapy, Volumetric Modulated Arc Therapy, Stereotatic Body Radiation Therapy, Radioterapia Intraoperatória, Braquiterapia, entre outros), garantindo a qualidade em todos os procedimentos;

Seguir e aplicar normas de segurança, proteção radiológica e efetuar controlo de qualidade;

Efetuar a aquisição, processamento e pós-processamento avançado de estudos imagiológicos nas diferentes modalidades de Imagem Médica, implementar boas práticas e estratégias de melhoria dos processos associados à prestação de cuidados de saúde no âmbito da Imagem Médica e Radioterapia, desde a aquisição ao arquivo e gestão dos estudos imagiológicos;

Integrar equipas de saúde multidisciplinares/interdisciplinares de forma eficaz e ativa, garantindo e promovendo a qualidade dos cuidados de saúde prestados;

Comunicar e interagir com pacientes e cuidadores, demonstrando atitudes éticas e deontológicas e mantendo sempre o paciente no centro de sua intervenção profissional;

Contribuir para a formação de novos profissionais, assim como participar em projetos de investigação, auditoria e gestão que promovam a melhoria contínua do exercício profissional;

Reconhecer a necessidade de formação contínua gerindo-a ao longo da vida e contribuindo para o desenvolvimento e afirmação profissional.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.