Envelhecimento Ativo e Saudável – Orientações para melhor gestão na Saúde e na Doença

FMUC Logo institucional eduportugal

DOWNLOAD PROCHURE

COMEÇO:
setembro
INSTITUIÇÃO DE ENSINO:
Coimbra | FMUC
ID:
CE
CREDITOS:
3

Instituições de Ensino:

Endereço

Polo I - Edifício Central Rua Larga 3004-504 Coimbra   Ver mapa

Objetivos do Curso

O aluno deverá:

  • Saber discutir Epidemiologia, Biologia, Fisiopatologia do Envelhecimento, a importância da resposta imunoinflamatória no idoso.
  • Saber abordar a adesão aos planos de tratamento e problemática da polimedicação; aumentar a participação na independência funcional e promover ações para prevenir as quedas e suas consequências; prevenir a fragilidade e o declínio físico e cognitivo; otimizar competências na comunicação entre serviços clínicos integrados, cuidadores e profissionais de saúde, fornecer treino, informação e transferência de tecnologia para os pacientes/utilizadores; perceber que os espaços amigos do idoso são um recurso fundamental para a promoção da vida ativa e bem-estar e melhorar as capacidades de autogestão do idoso; saber que a nutrição é um pilar na prevenção das doenças crónicas e no declínio funcional e da fragilidade.
  • Adquirir conhecimentos para ajudar/tratar o idoso com alteração da mobilidade, acamamento, diabetes, défice cognitivo/demência, patologia crónica, dor, desnutrição, perturbações do sono, obstipação.

 

Objetivos da Aprendizagem e Competências a Desenvolver

O aluno adquirirá competências em três áreas

  • Nas teorias do processo do envelhecimento, nos fatores favorecedores e moduladores da resposta imunoinflamatória nas patologias crónicas mais presentes no idoso.
  • Terá capacidade de intervir na adesão aos planos de tratamento; aumentar a participação dos pacientes na sua independência funcional e promover ações para prevenir as quedas e as suas consequências; atuar na prevenção da fragilidade e declínio físico e cognitivo; otimizar meios de comunicação entre serviços clínicos integrados, cuidadores e profissionais de saúde, fornecer treino, informação e transferência de tecnologia para os pacientes/utilizadores; promover a vida ativa durante o envelhecimento e melhorar e manter as capacidades de autogestão; capacidade de saber aconselhar hábitos alimentares saudáveis.
  • Oaluno adquirirá competências para promover as boas práticas de tratamento do idoso com alteração da mobilidade, acamamento, diabetes, défice cognitivo/demência, patologia crónica, dor, desnutrição, perturbações do sono, obstipação.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.