Engenharia e Gestão Industrial

Logo Institucional Universidade de Aveiro eduportugal

COMEÇO:
setembro
INSTITUIÇÃO DE ENSINO:
UA
ID:
ME
CREDITOS:
120

Instituições de Ensino:

Endereço

Campus Universitário de Santiago 3810-193 Aveiro Portugal   Ver mapa

Categorias

Mestrado

Apresentação e Objetivos

Este 2º ciclo, desenvolvido em articulação com os 1º e 3º ciclos na área de Engenharia e Gestão Industrial (EGI), tem como objetivo principal formar
quadros com a capacidade de planear, gerir e controlar sistemas complexos ao longo da cadeia de valor, dotando os estudantes de competências para o exercício de funções qualificadas na indústria e nos serviços. O ciclo de estudos (CE) centra a sua formação na área de especialização da EGI, complementando com outras áreas das ciências de engenharia e da gestão.
O CE procura, também, capacitar os seus diplomados em áreas emergentes através da oferta de Unidades Curriculares (UC) optativas, privilegiando, ainda, a aquisição, por parte destes, de competências para a resolução de problemas reais, bem como de investigação científica, através da UC de Dissertação/Projeto/Estágio. Nesta UC, os estudantes têm a possibilidade de imergir num contexto real de trabalho, enfrentando
os desafios que caracterizam as funções de um profissional de EGI.

 

Saídas Profissionais

Os titulares do grau de mestre em Engenharia e Gestão Industrial (EGI) adquirem na sua formação uma multiplicidade de conhecimentos e competências em diferentes áreas do saber. Para além da aquisição de conhecimento avançado na área de especialização do curso, destacam-se a aquisição de competências:

– na formulação e resolução de problemas complexos, reflexão e tomada de decisão;

– na escolha e aplicação de métodos e metodologias, assim como no desenvolvimento de novas soluções, com criatividade;

– na recolha, análise e interpretação de dados e produção de conhecimento;

– no projeto e melhoria de produtos, sistemas e processos de negócio complexos, numa perspetiva sistémica e interorganizacional;

– na gestão de equipas e relacionamentos em contextos multiculturais e multidisciplinares.

Privilegiam-se, ainda, competências ao nível da investigação, possibilitando a prossecução dos estudos com elevada autonomia e uma aprendizagem independente ao longo da vida, bem como competências requeridas pela transformação digital. Assim, o perfil flexível e polivalente dos titulares do grau de mestre em Engenharia e Gestão Industrial, permitir-lhes-á desempenhar funções num amplo leque de setores. Tendo em consideração as competências adquiridas na área de especialização da EGI, complementadas com outras áreas das ciências de engenharia e da gestão, os mestres em EGI ficam aptos a desempenhar funções qualificadas em empresas industriais dos mais diversos setores, empresas de serviços ou organismos públicos, tais como empresas de consultadoria e auditoria, têxteis, indústria automóvel, cerâmica e vidro, eletrónica e telecomunicações, bancos, seguradoras, empresas de moldes, plásticos, indústrias metálicas e metalomecânicas, calçado, revestimentos, mobiliário, madeiras, cimentos, gabinetes de contabilidade e gestão, empresas de alimentação e bebidas, energia, indústria e comércio de frio, construção civil, imobiliárias e químicas.

Acredita-se que a possibilidade de o estudante realizar no segundo ano do curso um estágio ou projeto em ambiente empresarial, ou mesmo um trabalho de dissertação, favorecerá a sua inserção no mercado de trabalho e possibilitará o desenvolvimento de trabalhos de cariz mais prático que terão por base os problemas das empresas de acolhimento, aproximando assim o desenvolvimento do conhecimento científico à realidade do mundo empresarial.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.