Engenharia Biomédica

FCTUC Logo Curso eduportugal

COMEÇO:
setembro
INSTITUIÇÃO DE ENSINO:
FCTUC | DF
ID:
MI
CREDITOS:
300

Instituições de Ensino:

Endereço

Rua Sílvio Lima, Pólo II da Universidade de Coimbra, 3030-790 Coimbra   Ver mapa

Categorias

Mestrado Integrado

Objetivos do Curso

O Mestrado Integrado em Engenharia Biomédica da Universidade de Coimbra tem uma duração de cinco anos, distribuídos por dois ciclos de formação, e tem por objetivo formar profissionais com elevada qualificação técnica e científica, bem como padrões elevados de responsabilidade profissional, social e ética, capazes de aplicar os conceitos e as técnicas da Engenharia à análise e solução de problemas no âmbito da Biologia, da Medicina e da Saúde. A formação conferida pelo Mestrado Integrado em Engenharia Biomédica habilita os seus diplomados a responder às atuais necessidades e desafios globais da Engenharia Biomédica, com ênfase nas áreas de especialização de Imagem e Radiação, Instrumentação Biomédica, Biomateriais, Neurociências e Informática Clínica e Bioinformática e proporciona-lhes as competências técnicas, sociais e interpessoais para intervir e liderar nestes domínios de especialização.

 

Saídas Profissionais

Projecto, produção e teste de instrumentação médica e hospitalar. Apoio à venda e utilização de material clínico. Consultadoria na área da saúde. Controlo de qualidade, calibração e análise de segurança de instrumentação médica e hospitalar. Desenvolvimento de biomateriais. Análise de apoio ao diagnóstico. Engenharia clínica. Análise de risco e segurança. Investigação e desenvolvimento em Engenharia Biomédica.

 

Objetivos da Aprendizagem e Competências a Desenvolver

O objetivo geral do Mestrado Integrado em Engenharia Biomédica (MIEB) é a formação de profissionais qualificados de Engenharia, capazes de acompanhar e intervir a nível da inovação científica e tecnológica na área da Medicina e da Biologia, incluindo em contexto de investigação. No final, os alunos deverão:

  • Possuir uma formação sólida e integrada em Ciências Básicas e Biomédicas e uma formação geral de Engenharia Biomédica, complementada com formação específica numa das áreas de especialização do MIEB.
  • Possuir competências que lhes permitam a aprendizagem contínua e autónoma, garantindo a sua atualização ao longo da vida ativa.
  • Ser capazes de intervir a nível da inovação nos domínios da Engenharia Biomédica, resolvendo problemas em situações novas, em contextos alargados e multidisciplinares.
  • Ser capazes de trabalhar autonomamente, assumindo responsabilidades no planeamento e gestão de projetos e estruturas na área da Engenharia Biomédica.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.