Engenharia Alimentar

ipv esav eduportugal

COMEÇO:
setembro
INSTITUIÇÃO DE ENSINO:
IPViseu | ESAV
ID:
LC
CREDITOS:
180

Instituições de Ensino:

Endereço

Escola Superior Agrária de Viseu Quinta da Alagoa - Estrada de Nelas, Ranhados   Ver mapa

Categorias

Licenciatura

Apresentação e objetivos

  • A Licenciatura em Engenharia Alimentar, visa a preparação de profissionais com capacidade para conhecer e desenvolver as potencialidades da indústria alimentar, nas suas vertentes de produção e transformação, bem como desenvolvimento e inovação quer de processos tecnológicos quer de produtos;
  • Aos conhecimentos técnico-científicos nos domínios de intervenção na industria alimentar e das aplicações em tecnologia alimentar, pretende-se associar uma formação complementar nas áreas de gestão e marketing, de forma a facilitar a integração dos licenciados no mundo empresarial ou até possibilitar a criação da sua própria empresa.
  • O engenheiro alimentar deve ter conhecimentos amplos na área da Qualidade e da Segurança, e competências adequadas à concepção, planeamento e gestão das unidades industriais. A formação nesta especialidade da engenharia privilegia o conhecimento integrado de ciência e tecnologia, possibilitando a interpretação e controlo dos fenómenos associados às modificações bioquímicas, físico-químicas e microbiológicas que afetam os alimentos, desde as matérias-primas passando pelos produtos finais, embalagem, armazenamento, indo até ao consumidor;
  • Deve estar apto para desenvolver novos produtos e novas tecnologias, otimizando os recursos disponíveis e, para tal, reduzir desperdícios, reutilizar subprodutos e aproveitar os recursos naturais. Trabalhar segundo normas técnicas de Segurança, qualidade, produtividade, higiene e preservação ambiental.

 

Saídas Profissionais

  • As principais áreas de intervenção dos Licenciados em Engenharia Alimentar compreendem essencialmente empresas do sector agro-alimentar, de biotecnologia associada ao sector alimentar, agro-químico ou afins.
  • Assim, os Licenciados em Engenharia Alimentar podem desempenhar um conjunto bastante diversificado de funções, nomeadamente:
    • Empresários ou gestores de unidades agro-industriais;
    • Técnicos de laboratório de análises e controlo da qualidade dos alimentos;
    • Direção técnica/produção das unidades alimentares;
    • Prestação de serviço de apoio às empresas do sector agro-alimentar;
    • Comercialização de equipamentos e produtos alimentares;
    • Investigação e desenvolvimento;
    • Apoio à concepção e instalação de empresas do sector agro-alimentar.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.