Economia

logo ualg institucional eduportugal

COMEÇO:
setembro
INSTITUIÇÃO DE ENSINO:
UAlg
ID:
LC
CREDITOS:
180

Instituições de Ensino:

Endereço

Estr. da Penha 139, 8005-139 Faro   Ver mapa

Categorias

Licenciatura

Apresentação do Curso

Como escolhem as empresas os bens e serviços que produzem e as tecnologias que utilizam? Como escolhem as pessoas os bens e serviços que consomem? Como se faz a distribuição dos bens e serviços pelos diferentes membros da sociedade? Por que razão o produto nacional e o emprego umas vezes diminuem e outras vezes aumentam? O que é a inflação e como pode ser controlada? Quais as consequências da existência de défices orçamentais elevados? Em que medida a flutuação das taxas de câmbio afeta a competitividade externa das economias? O que é que determina o crescimento económico dos países?

Estas são apenas algumas das questões com que todos nós nos confrontamos e que quotidianamente são abordadas nos noticiários, fazem as páginas dos jornais e são objeto de reflexão em vários debates político-económicos. Os economistas são os profissionais que, por excelência, se dedicam a encontrar as respostas para estas e outras questões que afetam o bem-estar económico das pessoas.

Estudar Economia é estudar o modo como as sociedades se organizam para produzir os bens e serviços necessários à satisfação das necessidades humanas e de como os distribuem entre os seus membros. A aprendizagem das matérias económicas faz-se através do estudo de modelos teóricos que procuram explicar os mecanismos fundamentais do funcionamento das economias.

O curso de Economia da FEUALG encontra-se estruturado de forma a oferecer aos estudantes uma formação sólida em Teoria Económica e uma formação geral em áreas complementares como a Gestão, os Métodos Quantitativos, o Direito e as Línguas. A par da formação técnica e científica, procura também estimular nos alunos o desenvolvimento das capacidades de comunicação e de trabalho em equipa, necessárias a uma futura integração profissional. Os alunos são ainda incentivados a realizarem um período de estudos numa outra instituição de ensino superior ao abrigo dos vários protocolos de cooperação existentes com outras universidades nacionais e estrangeiras.

 

Objetivos gerais

  1. Proporcionar uma visão integrada da Economia, contextualizada no conjunto das restantes ciências sociais, mediante a oferta de uma formação teórica sólida e pluridisciplinar que seja atual e esteja em conformidade com as exigências de volatilidade do mercado de trabalho.
  1. Valorizar o exercício da cidadania e alargar os horizontes culturais, técnicos, científicos e humanos, também através de atividades extracurriculares, com a aprendizagem de pelo menos uma língua estrangeira e mediante a promoção de oportunidades para realizar contactos internacionais;
  1. Desenvolver nos estudantes a capacidade de analisar situações e encontrar soluções integradas para os problemas, apostando na criação de competências diversificadas, tais como espírito crítico, criatividade e abertura à inovação, liderança, facilidade de comunicação e de socialização, bem como o gosto pela aprendizagem permanente e pelo trabalho em equipa;
  1. Praticar um ensino personalizado, com uma equipa docente cientificamente bem preparada, onde professores, funcionários e alunos mantêm um bom relacionamento, na procura de uma aprendizagem adequada ao potencial e às características de cada estudante;
  1. Oferecer um conjunto de disciplinas de opção que permita a todos os estudantes iniciar uma especialização moderada no final do curso, remetendo para as pós-graduações e mestrados o aprofundamento dessa especialização.

 

Saídas Profissionais

A qualidade da formação e as competências adquiridas no âmbito da licenciatura em Economia permitem aos nossos graduados o desenvolvimento de carreiras em Portugal e no estrangeiro nos mais diversos domínios de atividade profissional: banca e seguros, empresas industriais, comerciais e de serviços, gabinetes de estudos e de planeamento, empresas de consultoria e de análise de projetos, instituições da administração pública central, regional e local, bem como outros organismos económicos nacionais e internacionais. Para além destas áreas de exercício profissional, os nossos licenciados estão ainda aptos a concretizar uma determinada ideia de negócio através da constituição da sua própria empresa.

O último estudo levado a cabo pela Universidade do Algarve sobre a trajetória formativa e de inserção profissional dos seus diplomados entre 2004-2011, permitiu apurar uma taxa de empregabilidade de 86,5% dos diplomados do curso de Economia da FE, com 96% dos inquiridos a obter o 1º emprego após a conclusão do curso num prazo inferior a 1 ano (Carrasqueira, Cesário, et al., 2013).

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.