Dinâmicas Sociais, Riscos Naturais e Tecnológicos

DOWNLOAD PROCHURE

COMEÇO:
setembro
INSTITUIÇÃO DE ENSINO:
Coimbra | FEUC
ID:
ME
CREDITOS:
120

Instituições de Ensino:

Endereço

Avenida Dias da Silva 165 3004-512 Coimbra   Ver mapa

Categorias

Mestrado

Apresentação do Curso

O curso visa fornecer uma formação teórica e técnica sólida nas diferentes áreas relacionadas com a problemática do risco, tanto na vertente da prevenção como da intervenção em caso de desastres atribuíveis a processos naturais e tecnológicos. Sendo pensado para um público diversificado, indo das ciências sociais às ciências naturais e exatas e às tecnologias, os conteúdos permitem uma visão integrada e não fragmentada, onde se combina a capacidade de interpretação de dados quantitativos com as metodologias mais qualitativas de avaliação e perceção do risco em comunidades humanas. A preocupação fundamental é mostrar a importância das estruturas e dinâmicas sociais das comunidades locais na prevenção e atuação do risco, bem como a aquisição de ferramentas analíticas e de intervenção que permitam o diagnóstico e a definição de linhas de atuação em caso de desastres ou outros acontecimentos mais pontuais.

As vertentes jurídica e económica são fundamentais em todo o processo de planeamento e de execução de ações, bem como em casos extremos de emergência ou de desastre. O aprofundado conhecimento dos instrumentos legais e compensatórios e das esferas de atuação de cada uma das entidades públicas, tanto locais como nacionais, mostra-se imprescindível, sendo nomeadamente necessária uma grande familiaridade com a componente logística e organizativa de toda a rede nacional de proteção civil. As competências em comunicação social são também de importância extrema, pois permitem a elaboração de campanhas de sensibilização, de divulgação e de consciencialização e debate sobre os riscos presentes no país ou nas comunidades de âmbito regional ou local.

 

Saídas Profissionais

Em unidades de investigação relacionadas com o risco, em organismos nacionais e municipais responsáveis pelo planeamento e gestão da emergência, e em entidades públicas e privadas, nacionais e estrangeiras, de gestão do risco em contexto Natech.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.