Apoio à Gestão de Organizações Sociais

Download da Brochura

COMEÇO:
09/2019
INSTITUIÇÃO DE ENSINO:
IPS | ESCE
ID:
CT
CREDITOS:
120

Instituições de Ensino:

Endereço

Campus do IPS Estefanilha 2914 - 503, Setúbal   Ver mapa

Apresentação do Curso

O Curso Técnico Superior Profissional (CTeSP) em Apoio à Gestão de Organizações Sociais, em parceria da ESCE/IPS com a ESE/IPS, confere uma formação de nível 5 ISCED (Short-cycle tertiary education), orientada para o mercado de trabalho das organizações do Terceiro Setor. O Plano de Estudos, organizado numa base semestral e com a duração de 2 anos, é constituído por unidades curriculares com uma forte componente prática, para uma consistente formação nas áreas da gestão, da economia e do empreendedorismo social, conciliada com conhecimentos fundamentais nas áreas de intervenção social e trabalho comunitário. O curso compreende ainda uma formação em contexto de trabalho, através da realização de um estágio de 600h de trabalho numa organização social.

 

Objetivos

Trata-se de um curso que pretende formar profissionais com um conjunto de competências que lhes permitam apoiar as direções e corpos sociais das organizações do Terceiro Sector, colaborando ativamente nos seus processos de organização e gestão, com vista a um desempenho mais profissional, equilibrado e sustentável destas organizações, no âmbito do cumprimento da sua missão social. O Técnico Superior Profissional em Apoio à Gestão de Organizações Sociais estará habilitado para conceber, analisar e gerir, do ponto de vista funcional e financeiro, os projetos e atividades das organizações com fins sociais. Deverá possuir competências técnicas que lhe permitam elaborar e gerir planos de atividades, relatórios, orçamentos e candidaturas a programas de apoio a projetos sociais.  Será um profissional capaz de assumir as funções de encarregado ou secretário geral da organização.

 

Saídas Profissionais

No contexto das organizações sociais em geral, de âmbito nacional ou internacional, nomeadamente:

  • Associações;
  • Fundações;
  • Mutualidades;
  • Cooperativas;
  • IPSS (Instituições Particulares de Solidariedade Social);
  • Misericórdias;
  • Empresas Sociais ou Micro e Pequenas Empresas dedicadas à Economia Social;
  • ONG (Organizações Não Governamentais), entre outras.

De áreas tão diversificadas quanto:

  • Serviços Sociais;
  • Educação e Saúde;
  • Cultura, Lazer e Desporto;
  • Habitação, Ambiente, Desenvolvimento Local.

O Técnico Superior Profissional em Apoio à Gestão de Organizações Sociais estará apto para exercer um conjunto de funções, designadamente:

  • Encarregado ou secretário geral;
  • Assessor da direção e/ou dos corpos sociais da organização;
  • Técnico administrativo;
  • Assessor em recursos humanos, finanças, comunicação, relações públicas, entre outras áreas funcionais da organização;
  • Técnico de apoio a candidaturas a programas de financiamento, nacionais ou internacionais, de projetos de âmbito social.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *