Psicologia

Download da Brochura

COMEÇO:
09/2019
INSTITUIÇÃO DE ENSINO:
Lusíada | Porto
ID:
LC
CREDITOS:
180

Instituições de Ensino:

Endereço

Rua Dr. Lopo de Carvalho; 4369-006 Porto   Ver mapa

Categorias

Licenciatura

Apresentação do Curso

A Licenciatura em Psicologia da Universidade Lusíada do Porto está em funcionamento desde 1999, tendo sido alvo de uma adaptação curricular e pedagógica de acordo com o Modelo de Bolonha em 2006. Assim, a formação neste domínio científico está organizada em dois Ciclos, numa filosofia de continuidade. O 1º Ciclo de Estudos incide sobre a formação básica em Psicologia – a Licenciatura – tem uma duração de 3 anos lectivos, correspondendo a 180 unidades de crédito (ECTS). Regendo-se por padrões de qualidade científica e pedagógica, esta licenciatura focaliza-se predominantemente nas componentes conceptual, teórica e metodológica, pelo que estruturante da Psicologia, procurando promover nos futuros licenciados os conhecimentos e as competências genéricas de base neste domínio e introduzir os estudantes na prática da investigação, sem descurar a promoção de uma reflexão sobre as questões éticas e deontológicas. Após a conclusão deste 1º Ciclo, espera-se assim que o Licenciado domine as principais teorias, modelos e metodologias em Psicologia que lhe favoreçam a transição para o 2º Ciclo de Estudos, este já inserido num domínio específico da Psicologia, tendo em vista o exercício da prática profissional autónoma, isto é, a intervenção junto dos indivíduos, grupos e organizações. O 2º Ciclo diz respeito à formação especializada correspondente ao Mestrado, com duração de 2 anos lectivos, perfazendo 120 unidades de crédito (ECTS). O primeiro ano dos Mestrados em funcionamento no IPCE é exclusivamente dedicado à componente curricular. No segundo ano, o estudante terá possibilidade de optar entre a realização de uma investigação, um estágio em contexto real de trabalho ou um projecto, na respectiva área de especialização, de acordo com o Dec. Lei nº 74/2006. Os planos de estudos dos mestrados contemplam ainda sessões de tutoria para orientação de dissertação ou orientação de estágio / projecto e alguns prevêem ainda seminários temáticos de investigação ou de intervenção. No caso da formação superior em Psicologia em Portugal, para efeito de certificação profissional, é necessária a realização de um estágio. No entanto, o exercício da profissão de Psicólogo, implica a entrada na Ordem dos Psicólogos que, por sua vez, está dependente da realização de um ano de prática profissional supervisionada (de acordo com a Lei nº 57/2008 de 4 de Setembro). Para mais informações, deverá ser consultado o Regulamento de Estágios da Ordem dos Psicólogos Portugueses (Despacho nº 15866/2010).

 

Saídas Profissionais

– Início de carreira de psicólogos, nas áreas de psicologia clínica, psicologia da saúde, psicologia da educação, psicologia social, psicologia das organizações, psicologia económica e do consumo;

– Técnicos superiores nas áreas de psicologia e relações humanas, com colocação em instituições de saúde, saúde mental, intervenção e solidariedade social, organizações comunitárias;

– Técnicos superiores das áreas de psicologia e relações humanas, com colocação em organizações e empresas de formação, gestão de pessoas e grupos, selecção e recrutamento, ergonomia, auditoria organizacional e comunicação;

– Habilitação central em psicologia, comportamento e relações humanas para profissionais de áreas afins como a educação, animação socio-cultural, serviço social, saúde, reabilitação, comunicação, gestão de pessoas, marketing e publicidade, intervenção social e intervenção comunitária;

– Habilitação central em psicologia, comportamento e relações humanas para investigadores nas áreas da psicologia, sociologia, educação, ciências médicas, ciências da saúde e ciências sociais.