Fisiologia e Exercício Clínico

Download da Brochura

COMEÇO:
09/2019
INSTITUIÇÃO DE ENSINO:
CESPU | ESSVA
ID:
PG
CREDITOS:
25

Instituições de Ensino:

Endereço

Campus Académico de Vila Nova de Famalicão R. José António Vidal,81   Ver mapa

Categorias

Pós-Graduação

Apresentação do Curso

O curso visa estudar os processos fisiológicos relacionados com o exercício/atividade física na execução de tarefas motoras em situações de exercício e nas diversas patologias relacionadas com o sedentarismo e com o envelhecimento, salientando a sua capacidade involutiva e preventiva em contexto de doença.

Partindo do conceito de adaptação, pretende-se desenvolver no aluno um conhecimento integrado da fisiologia humana em situações de exercício físico, através de uma perspetiva sistémica abordada a diferentes níveis de complexidade.

Pretende-se desenvolver no aluno um conhecimento integrado dos estados patológicos mais comuns associados à inactividade física, da fisiologia humana em situações de exercício físico ou treino, e da forma como estes se relacionam.

Ambiciona-se que os alunos elaborem planos de acção fundamentados na mais recente literatura, compreendam a resposta adaptativa das cargas de exercício e a sua capacidade preventiva, tendo sempre  em conta as relações dinâmicas entre os riscos e os benefícios, analisando e respeitando, permanentemente, os constrangimentos implícitos e específicos de cada situação.

 

Objetivos

O curso visa estudar os processos fisiológicos relacionados com o exercício/atividade física na execução de tarefas motoras em situações de exercício e nas diversas patologias relacionadas com o sedentarismo e com o envelhecimento, salientando a sua capacidade involutiva e preventiva em contexto de doença.

Partindo do conceito de adaptação, pretende-se desenvolver no aluno um conhecimento integrado da fisiologia humana em situações de exercício físico, através de uma perspetiva sistémica abordada a diferentes níveis de complexidade.

Pretende-se desenvolver no aluno um conhecimento integrado dos estados patológicos mais comuns associados à inactividade física, da fisiologia humana em situações de exercício físico ou treino, e da forma como estes se relacionam.

Ambiciona-se que os alunos elaborem planos de acção fundamentados na mais recente literatura, compreendam a resposta adaptativa das cargas de exercício e a sua capacidade preventiva, tendo sempre  em conta as relações dinâmicas entre os riscos e os benefícios, analisando e respeitando, permanentemente, os constrangimentos implícitos e específicos de cada situação.