Engenharia Alimentar

COMEÇO:
09/2019
INSTITUIÇÃO DE ENSINO:
UTAD | ESVA
ID:
ME
CREDITOS:
120

Instituições de Ensino:

Endereço

Edifício de Geociências Quinta de Prados 5000-801 Vila Real   Ver mapa

Categorias

Mestrado

Objetivos do Curso

O ciclo de estudos conducente ao grau de Mestre em Engenharia Alimentar pretende oferecer uma formação sólida e avançada com recurso à atividade de investigação em domínios da Qualidade e Segurança Alimentar, Química Alimentar, Tecnologia Alimentar, Biotecnologia e Microbiologia, aprofundando os conhecimentos adquiridos em cursos de formação inicial com os seguintes objetivos principais:
a) Desenvolver e consolidar competências profissionais no plano técnico e cientifico que permitam uma intervenção de excelência no âmbito da Engenharia Alimentar, visando a sua empregabilidade.
b) Adquirir capacidade para avaliar, inovar, planear e concretizar novos processos que permitam a resolução de questões ou problemas de natureza específica no domínio da Engenharia Alimentar.
c) Desenvolver a capacidade para o estudo autónomo e análise crítica de novas matérias.
d) Reforçar as competências para a investigação que habilitem a uma atualização constante ao longo da vida.
e) Promover a aquisição de competências de investigação para o acesso ao 3º ciclo de estudos, em instituições nacionais/estrangeiras.

 

Saídas Profissionais

Mestres em Engenharia Alimentar ficam aptos a desenvolver atividades profissionais em empresas alimentares, em laboratórios responsáveis pelo controlo de qualidade de produtos alimentares, assim como em entidades que se destinem à investigação na área da Qualidade e Tecnologia Alimentar e da Biotecnologia Alimentar. Entre outras, estes mestres ficarão especialistas para o desempenho das seguintes funções:
– Desempenhar funções de controlo de produção e de qualidade alimentos;
– Avaliação dos riscos higiénico-sanitários e toxicológicos;
– Implementação de sistemas de HACCP;
– Fornecimento e prestação de serviços técnicos, profissionais ou de consultoria em empresas da área alimentar;
– Conceção e desenvolvimento de novos produtos e respetivas estratégias de marketing e comercialização de produtos alimentares;
– Realizar investigação científica e desenvolvimento tecnológico em universidades, centros de investigação e laboratórios públicos ou privados;
– Desenvolvimento e validação de métodos analíticos indispensáveis aos controlos de qualidade alimentar, quer a nível da análise química quer a nível da análise microbiológica.
– Conceção e Desenvolvimento de Novas Tecnologias de Produção de Alimentos