Engenharia Agronómica

COMEÇO:
09/2019
INSTITUIÇÃO DE ENSINO:
UTAD | ECAV
ID:
ME
CREDITOS:
120

Instituições de Ensino:

Endereço

Edifício de Ciências Agrárias Quinta de Prados 5000-801 Vila Real   Ver mapa

Categorias

Mestrado

Objetivos do Curso

O Mestrado em Engenharia Agronómica confere formação e capacitação de graduados com sólida formação científica e técnica para planear, conceber e gerir atividades agrícolas e agroindustriais, assegurando a obtenção de bens e serviços de forma sustentada, diversificada e segura para o Homem e o ambiente.
Este curso visa ainda conferir competências de aprendizagem autónoma e aptidão de resposta a novas questões decorrentes da evolução do conhecimento e de novas exigências da sociedade.
O Mestre em Engenharia Agronómica adquire capacidade e competências para:
– Elaborar e executar projetos e estudos inovadores, desenvolver funções empresariais e conceber modelos na área agronómica e agroindustrial;
– Gestão técnico-económica de explorações, consultoria e investigação científica nas várias vertentes da atividade agrícola, tanto do ponto de vista produtivo como ambiental;
– Prosseguir estudos ao nível do 3º ciclo (Doutoramento)

Estrutura Curricular
Este curso possui unidades curriculares obrigatórias e unidades curriculares opcionais, permitindo seguir diversos planos de estudo para obtenção de especializações em diferentes áreas nomeadamente Vitivinicultura, Olivicultura e Azeite, Hortofloricultura, Fruticultura, Agroindústrias e Agricultura Biológica. O aluno tem ainda a possibilidade de construir o seu plano de estudos, escolhendo as Unidades Curriculares optativas que melhor se adaptem aos seus objetivos.

 

Saídas Profissionais

– Gestão técnica de explorações agrícolas, agrocomerciais e agroindustriais;
– Técnicos dos Serviços da Administração Central, Regional ou Local;
– Empresas de prestação de serviços e consultadoria técnica aos sectores agrocomercial, agroambiental e agroprodutivo;
– Elaboração, implementação e avaliação de projetos da área agronómica;
– Instituições e empresas de controlo e fiscalização da qualidade e segurança alimentar;
– Empresas de manutenção e gestão de espaços verdes;
– Carreira de investigação científica e tecnológica;
– Instituições de ensino e formação profissional.