Economia

Download Brochura

COMEÇO:
09/2019
INSTITUIÇÃO DE ENSINO:
Lusíada | Lisboa
ID:
LC
CREDITOS:
180

Instituições de Ensino:

Endereço

R. da Junqueira 188-198, 1349-001 Lisboa   Ver mapa

Categorias

Licenciatura

Apresentação do Curso

A experiência vivida e as transformações ocorridas nos últimos anos no quadro económico, social, financeiro e político mundial aconselham uma alteração nos temas tradicionais do ensino nos vários cursos universitários. Foi precisamente com esse propósito de actualização permanente que os responsáveis pela Universidade Lusíada propuseram e oportunamente concretizaram algumas alterações curriculares nos cursos nela ministrados.

No que diz respeito em particular ao curso de Economia, é facto que os novos sectores da economia foram igualmente afectados, em especial no domínio da macroeconomia e no âmbito das trocas internacionais, devido à formação de regiões económicas cada vez mais vastas.

Simultaneamente, a revolução operada nos espaços de orientação das economias de direcção central e a importância progressiva das economias de mercado, determinaram uma atenção mais profunda ao funcionamento da empresa, às exigências da cooperação internacional e ao aperfeiçoamento da acção do Estado no campo económico, financeiro e social. São essencialmente estes factores determinantes que conduziram os responsáveis da Universidade Lusíada a estabelecerem a presente estrutura curricular do curso de Economia, organizado em três anos.

A presente estrutura curricular, mesmo obedecendo a estes parâmetros, é necessariamente acompanhada com outros projectos, quer através de Estudos de Pós-graduação destinados a aprofundar os conhecimentos de docentes e discentes.

 

Objetivos

O objectivo da licenciatura em Economia é o de fornecer profissionais que, no domínio dos assuntos económicos e áreas afins, estejam aptos para desempenhar funções de assessoria técnica, planeamento e avaliação e gestão tendo, para o efeito, adquirido conhecimentos teóricos relevantes, técnicas de análise e representação da realidade e da respectiva transmissão, em suportes adequados a diversos interlocutores.

O desenvolvimento e aprendizagem do aluno ao longo do primeiro ciclo, desenvolver-lhe-á as seguintes competências gerais:

  • Capacidade autónoma de utilização de conhecimentos de ponta apoiado em materiais de ensino avançado na perspectiva profissional da sua área vocacional;
  • Capacidade de detecção dos problemas relevantes, no âmbito da sua formação, da sua análise, da sua compreensão e da sua resolução;
  • Capacidade de expressão oral e escrita ou utilizando linguagem gráfica, algébrica ou numérica apoiada, se necessário, nas tecnologias da informação e na sua versão em inglês;
  • Capacidade de pesquisa e inovação, no domínio científico em causa, numa perspectiva de formação ao longo da vida;
  • Conhecimento do uso adequado do processo de tomada de decisão nos diversos tipos de organizações.

São competências específicas da licenciatura em Economia as seguintes:

  • Compreensão da questão da escassez e do uso eficiente dos recursos e da sua aplicação no tempo, no espaço e nas várias actividades do sistema sócio-económico;
  • Conhecimento dos processos decisionais e respectiva simulação prospectiva de acordo com os cenários relevantes;
  • Conhecimento das fontes de informação pertinentes, dos indicadores e restrições;
  • Domínio das técnicas actualizadas de recolha, tratamento, difusão e utilização da informação.

 

Saídas Profissionais

O plano de estudos da licenciatura em Economia permite a formação de técnicos versáteis, capazes de se enquadrar num vasto leque de perfis profissionais, públicos e privados, entre os quais:

  • Analista de macroeconomia e microeconomia;
  • Consultor económico;
  • Coordenador de projectos de desenvolvimento;
  • Economista;
  • Ensino e investigação;
  • Jornalista económico;
  • Técnico em agências de desenvolvimento regional;
  • Técnico em serviços de planeamento e instituições financeiras.
  • etc.