Antropologia

COMEÇO:
09/2019
INSTITUIÇÃO DE ENSINO:
UTAD | ECHS
ID:
ME
CREDITOS:
120

Instituições de Ensino:

Endereço

Edifício do Pólo I da ECHS Quinta de Prados 5001 - 801 Vila Real   Ver mapa

Categorias

Mestrado

Apresentação do Curso

O Mestrado em Antropologia em associação UTAD/ISCTE-IUL constitui, no panorama universitário em Portugal, uma oferta singular de formação pós-graduada nesta área disciplinar. O curso oferece uma dupla titulação e a possibilidade de mobilidade interuniversitária entre ambas as Universidades. Ele é organizado em quatro semestres (120 ECTS) e conta com reconhecimento em todo o espaço europeu de ensino superior
Funcionando em simultâneo nas duas Universidades (Vila Real / Lisboa), o Mestrado oferece um amplo leque de conteúdos temáticos e de possibilidades de escolha de temas de investigação e de terrenos de pesquisa. A cada aluno é atribuído um docente-tutor para acompanhamento pedagógico. Os diplomados adquirem competências para sintetizar conhecimentos em áreas específicas da Antropologia e, de acordo com o seu perfil e interesses, desenvolver trabalho de projeto ou elaborar um projeto de investigação com dissertação.
O Mestrado em Antropologia conta com um corpo docente altamente qualificado e mantém uma estreita ligação com os grupos de Pesquisa e atividades realizadas nas Unidades de Investigação associadas (CRIA e CETRAD), permitindo, em alguns casos, a participação dos alunos nos projetos e nas linhas de investigação em funcionamento. Os estudantes poderão também beneficiar dos acordos existentes em cada universidade para a realização de estágios e de intercâmbios internacionais Sócrates-erasmus.

 

Objetivos

O Mestrado em Antropologia tem como objetivo geral conferir uma formação sólida na disciplina, num permanente confronto com os desafios da contemporaneidade e com propostas essenciais para a compreensão do mundo em que vivemos. Os diplomados adquirem competências em áreas específicas da Antropologia, desenvolvem um projeto no âmbito das temáticas especializadas das UCs optativas, elaboram um projeto de investigação com dissertação e desempenho da profissão de antropólogo.

O Mestrado em Antropologia em parceria entre o ISCTE-IUL e a UTAD é uma aposta estratégica que visa: 1) potenciar os recursos humanos e físicos de ambas as instituições; 2) partilhar e expandir as redes regionais, transfronteiriças e internacionais que cada uma das universidades já possui; 3) estimular a mobilidade de docentes e discentes entre universidades; 4) captar estudantes nacionais e internacionais; 4) estimular sinergias ao nível da investigação e ensino da antropologia e/ou outras ciências sociais.

Objetivos de aprendizagem
(i) Formação teórica em antropologia;
(ii) Formação teórica em áreas temáticas;
(iii) Formação técnica em metodologias antropológicas de investigação e investigação-acção;
(iv) Desenvolvimento e apresentação de relatórios de investigação.

E ficará capacitado para:
(i) Estudar criticamente as sociedades e as suas formas de organização;
(ii) Encetar diálogos interdisciplinares a diferentes escalas e contextos de participação;
(iii) Elaborar produtos de investigação (teses e artigos científicos, relatórios técnicos e pareceres);
(iv) Conceber e gerir projetos de investigação bem como participar na sua implementação e avaliação;
(v) Trabalhar em contextos de mediação cultural e em processos/organismos que visam a construção de sociedades mais justas;
(vi) Avaliar processos de intervenção social;
(vii) Avaliar processos de mudança social, económica e e

 

Saídas Profissionais

Os estudantes do mestrado interuniversitário em antropologia UTAD-ISCTE conhecerão e utilizarão as ferramentas de investigação etnográfica, mas também aplicarão estas no desenho, execução e avaliação de projetos de desenvolvimento e outros (a título de exemplo, em áreas tão díspares quanto Saúde e Ambiente, Turismo e Integração Social ou Museologia e Urbanismo).

As principais organizações empregadoras dos mestrados em antropologia são:

– Agências de Desenvolvimento – Câmaras Municipais
– Museus e Ecomuseus – Corpo Diplomático
– Fundações Culturais – Centros de Saúde e Hospitais
– Entidades Regionais de Turismo – Organizações não-governamentais
– Escolas Secundárias – Organizações governamentais, sobretudo nas áreas de acção social e cooperação internacional
– Parques Naturais – Universidades Públicas e Privadas, Universidades Populares e Sénior
– Organizações Associativas – Empresas inclusive gabinetes de arquitectura, consultores, turísticas, etc.

As principais áreas de actuação e tipos de trabalho a serem desempenhados pelos antropólogos são:
– Antropologia e Gestão cultural – Ensino e educação em contextos formais, informais e não formais
– Minorias étnicas e integração social – Antropologia visual
– Saúde – Estudos de mercado e de mass média
– Planificação urbana e desenvolvimento local – Publicidade
– Avaliação de necessidades – Assessoria e consultaria
– Património Cultural e Turismo – Ambiente e ordenamento do território