Educação Inclusiva: Desafios, Potencialidades e Práticas

Download da Brochura

COMEÇO:
09/2019
INSTITUIÇÃO DE ENSINO:
Lusófona | Lisboa
ID:
PG
CREDITOS:
19

Instituições de Ensino:

Endereço

Campo Grande, 376 1749-024 Lisboa - Portugal   Ver mapa

Categorias

Pós-Graduação

Apresentação do Curso

Esta pós-graduação enquadra-se numa dinâmica educativa que congrega os princípios que estão consignados nos organismos internacionais de que fazemos parte integrante (Nações Unidas, Unesco, OCDE, CEE):
– o direito de todos à educação;
– o direito à igualdade de oportunidades;
– o direito de participar na sociedade;
– a formação ao longo da vida.
Hoje os contextos de trabalho exigem uma coresponsabilização por uma Educação Para Todos, em contextos inclusivos, em que cada um participe e colabore na medida das suas possibilidades, necessidades e interesses.
Os formadores (educadores, professores), como principais agentes da orientação das crianças e dos jovens, não podem delegar para segundos aquilo que é, ou deve ser, o seu saber e prática educativa, de modo a fazer do potencial dos seus formandos (crianças e jovens) o ponto de partida para uma intervenção diferenciada, qualificada, pertinente e oportuna.
Ser diferente nas atitudes e nas práticas não pode ser estigma desvalorativo, mas antes um ponto de partida para que o formador se possa afirmar pela própria diferença em saber gerir capacidades e encontrar soluções adequadas para cada caso específico.
Numa sociedade em que a grande diversidade de indivíduos exige práticas diferenciadas, a formação constitui uma prioridade para todos aqueles que queiram saber adequar as suas práticas aos públicos da sua comunidade.
Este curso, pela diversidade das temáticas que o integram, pelo corpo docente que o constitui, pela aposta em metodologias que envolvem uma forte componente teórico-prática, propõe-se dar resposta a todos aqueles que procuram uma formação que oriente a resolução de problemas que o ato educativo-pedagógico desencadeia.

 

Objetivos

Analisar, questionar e intervir nos contextos em que se inserem, gerando e gerindo condições e recursos adaptados a situações específicas de participação e de aprendizagem;
Trabalhar em equipa interdisciplinar, com coresponsabilização de todos os intervenientes no processo educativo (alunos/jovens, família, escola, técnicos especialistas e comunidade);
Analisar, experimentar e refletir sobre as (suas) práticas, à luz de novos/outros saberes e experiências, tendo em conta a diversidade de contextos e de públicos;
Gerar e gerir recursos para promover uma sociedade/educação cada vez mais inclusiva.
Contribuir para a mudança de paradigma das práticas de atendimento específico, numa dinâmica de participação e coresponsabilização, tendo por base a investigação e a ação realizada.

 

Valor Anual

Saiba mais sobre o valor das propinas aqui.