Mestrados em Regime Intensivo em Portugal

Mestrados em Regime Intensivo em Portugal

Mestrados em Regime Intensivo em Portugal

Cursos de Mestrado para quem tem pressa!
Descubra os cursos disponíveis e inscreva-se em um mestrado em regime intensivo em Portugal!

 

Candidatura Ano Letivo 2021/2022

Candidaturas: em breve
Divulgação dos resultados:
em breve
Matrículas:
em breve
Período letivo:
1ª ano letivo – de janeiro a fevereiro de 2021 | 2ª ano letivo – de janeiro a fevereiro de 2022 | Horário integral de segunda a sexta-feira e sábados de manhã.
*Datas a confirmar
Taxa de Candidatura com a EduPortugal: 250€ | Matrícula, incluido seguro escolar: 360€

*A realização dos cursos em qualquer regime e horário está condicionada a um número mínimo de alunos.
Para realizar a sua candidatura, entre em contato com a nossa equipe e saiba quais são os documentos necessários.

 

Opções de Cursos

Ação Humanitária, Cooperação e Desenvolvimento

O Mestrado em Ação humanitária, Cooperação e Desenvolvimento (HACD) prepara profissionais ou futuros profissionais para lidar com respostas humanitárias. É um programa internacional, que tem vários anos de experiência e conta com profissionais especializados, tanto professores como convidados civis e militares.

As emergências humanitárias acontecem em diferentes tipos de situações, que são mais frequentemente situações de conflito, mas podem ser igualmente de catástrofes naturais, ou ainda problemas de emergências em saúde ou de riscos para específicos para a segurança.

A resposta a estas situações opta por uma abordagem humanista e por estratégias específicas, nomeadamente: a promoção da saúde e do bem-estar essencial da pessoa, a preparação para situações de desastres e de riscos para a segurança, a análise e a prevenção de crises internacionais e internas. A organização é o ponto essencial, e por isso é preciso saber fazer o planeamento de situações de emergência, saber coordenar e saber conviver entre os vários operadores da emergência para o fornecimento de serviços humanitários, conhecer as ferramentas de logísticas e de apoio à gestão, e as formas de avaliação pós-emergência e de desenvolvimento pós-crise.

 

 

Análises Laboratoriais Especializadas

Ramos
Análise Alimentar e Ambiental
Análise Biomédica

O plano de estudos do curso de Mestrado destina-se a conferir o grau de Mestre em “Análises Laboratoriais Especializadas” numa das seguintes áreas: “Análise Biomédica” e “Análise Alimentar e Ambiental”.

O plano de estudos foi concebido de forma a proporcionar a aquisição de novos conhecimentos e de novas competências complementares a cursos técnico-laboratoriais de 1ºciclo, com o objetivo de aprofundar/especializar a formação numa das seguintes áreas:

– “Análise Biomédica”: tendo como objetivos fundamentais a aquisição de conhecimentos científicos e competências práticas nas técnicas de Proteómica, Genómica, Histotecnologia e Citometria, bem como conhecer as suas aplicações clínicas ao nível do diagnóstico, prognóstico e monitorização de patologias.

– “Análise Alimentar e Ambiental”: tendo como objetivos fundamentais a aquisição de conhecimentos sobre as principais e mais avançadas tecnologias disponíveis para a Monitorização Ambiental e para a Recuperação de Ambientes Contaminados, para a Análise de Água e dos Alimentos, adquirindo competências ao nível do Controlo de Qualidade e da Segurança Alimentar e Ambiental.

Os detentores deste grau de Mestre ficam habilitados a exercer a sua atividade profissional em Laboratórios privados de análises clínicas; Unidades hospitalares públicas ou privadas; Laboratórios de anatomia patológica; Laboratórios universitários; Laboratórios de saúde pública (análises de águas, alimentos e/ou ambiental); Institutos de investigação.

 

 

Ciências da Comunicação

O segundo ciclo de estudos em Ciências da Comunicação distribui-se por dois ramos, cada um deles com um enfoque particular em distintos domínios do saber, devidamente estruturados de acordo com um enquadramento teórico-prático que contempla o Jornalismo e as Relações Públicas, Publicidade e Marketing.

A estrutura deste ciclo estudos foi pensada para responder a necessidades que decorrem da permanente atualização do conceito e das teorias da Comunicação, de tal modo que em cada uma das áreas em apreço o estudante encontra a oportunidade para aprofundar conhecimentos, proceder a revisões bibliográficas, descobrir novos pólos de interesse, mas também contactar com experiências profissionais frequentemente reforçadas pela atividade, complementar à da academia de um corpo docente reconhecidamente qualificado.

O leque de saídas profissionais parte do princípio de que, por um lado, muitos profissionais carecem de uma atualização académica regular, à semelhança do que acontece nos países com economias mais avançadas e, por outro, pressupõem que um segundo ciclo de estudos é hoje consensualmente entendido no panorama da oferta universitária como uma consolidação imprescindível de conhecimentos e experiências adquiridas no contexto da licenciatura.

Assim, este 2º Ciclo de Estudos em Ciências da Comunicação abre ou reforça possibilidades de trabalho nas seguintes áreas: jornalismo (redação e edição); a assessoria de imprensa, de comunicação e assessoria política; criação publicitária; gestão de projetos; produção de conteúdos mediáticos.

 

 

Ciências da Educação – Educação Especial

O mestrado em Ciências da Educação: Educação Especial faz uma gestão equilibrada entre saberes e práticas que visam promover a aquisição/ aprofundamento de conhecimentos e o desenvolvimento/ aprimoramento de competências no domínio das Ciências da Educação, mais especificamente na área da educação especial.

O principal objetivo deste ciclo de estudos é o de preparar docentes ou outros profissionais ligados à área da educação para o exercício de funções em agrupamento de escolas ou escolas não agrupadas e em instituições particulares ou públicas de apoio à população em situação de desvantagem, com competências de análise crítica, de intervenção, de consultoria e de formação, supervisão e avaliação na área das ciências da educação em geral e da educação especial em particular.

Este curso tem como principais objetivos formar especialistas com conhecimentos teóricos e práticos, cujas metodologias e técnicas proporcionem bases sólidas para uma intervenção e investigação no campo educativo em função dos alunos com NEE nos diferentes Domínios. Em particular visa proporcionar aos mestrandos:

  • A aquisição de conhecimentos e competências científicas que permitam criar condições facilitadoras do desenvolvimento da criança com incapacidade ou em risco de atraso grave de desenvolvimento, promovendo a sua funcionalidade e participação nos diversos contextos de vida.
  • A capacidade de potenciar a melhoria das interações familiares e o reforço das competências familiares como suporte da sua progressiva capacitação e autonomia, face à problemática da incapacidade.
    Estes objetivos concretizam-se em duas vertentes: Profissional e Acadêmica.

 

 

Ciências Empresarias

O 2º ciclo do curso de Ciências Empresariais inclui disciplinas na área científica da Gestão complementadas com outras promotoras de desenvolvimento de competências transversais.

Assim, o primeiro ano contempla um conjunto de unidade curriculares focalizadas nas diferentes áreas das ciências empresariais, com o objetivo de desenvolver competências científicas, técnicas e profissionais para responder ativa e criativamente aos desafios competitivos da atualidade. Por sua vez, o segundo ano oferece uma formação específica em metodologia de investigação que permite que o aluno desenvolva um trabalho de investigação científica num dos diferentes domínios das ciências empresarias, sob a devida orientação de um docente especializado na área, e que culminará com a apresentação da dissertação de mestrado.

Ao caraterizar-se por um nível de estudos aprofundado, com preocupação assumida pela especialização, tem três objetivos principais: através de uma profunda interligação entre as mais recentes teorias de gestão e as melhores práticas empresariais, utilizar métodos, técnicas e instrumentos de gestão que facultem aos mestrandos um quadro conceptual e metodológico para aplicação; preparar gestores com conhecimentos específicos, incentivando os mestrandos a desenvolver as suas aptidões para identificar e explorar as oportunidades oferecidas pelo meio envolvente e ainda ampliar a sua área de formação já consolidada nos níveis académicos anteriores.

Este mestrado destina-se, não apenas, aos licenciados em ciências empresariais, mas também, aos de outros domínios científicos afins – gestão, economia, contabilidade, finanças, recursos humanos, marketing, comunicação, publicidade, relações internacionais – que pretendam atualizar e aprofundar competências científicas e técnicas adquiridas anteriormente no 1º ciclo de estudos, ou complementar e desenvolver competências nas diferentes áreas das ciências empresariais.

 

 

Criminologia

O curso de Mestrado em Criminologia procura que o estudante seja capaz de, num contexto multidisciplinar, procurar soluções concretas para as diferentes facetas do crime e da criminalidade, quer do ponto de vista da prevenção, quer da perspetiva da intervenção e reabilitação, quer, ainda, sob a lupa da investigação científica, cuja articulação complementar com investigação criminal garantida pelas forças de segurança se torna uma mais-valia deste domínio científico. A ponte entre o racional teórico e a prática é algo que se procura alcançar junto dos estudantes do Mestrado em Criminologia. A estes desafios, adicionam-se as preocupações com a capacitação dos nossos alunos quanto às implicações éticas e deontológicas, a que se junta a atenção à componente social, que, neste domínio do crime, do comportamento criminoso e da vítima, são de extrema relevância.

Assim, espera-se que os conhecimentos adquiridos permitam ao estudante desenvolver-se nos diferentes campos da Criminologia.

Assim sendo, a formação adquirida permitirá ao estudante, por um lado, reforçar as implicações práticas do conhecimento teórico entretanto alcançado, o que favorecerá a maior possibilidade de abertura ao nível das saídas profissionais associadas à Criminologia, habilitando o aluno, nomeadamente, a exercer funções em órgãos de polícia criminal, no sistema prisional, nos serviços de reinserção social, em centros de proteção de crianças e jovens, em centros educativos de menores delinquentes e em centros de acolhimento e de proteção a vítimas, não sendo de esquecer os poderes locais – como Câmaras Municipais e respetivas polícia e proteção civil, bem como as Juntas de Freguesia. Por outro lado, o estudante estará também capacitado para trabalhar aos níveis das comunidades locais, bem como a nível nacional, junto de organizações judiciárias.

 

 

Engenharia Civil

O Mestrado em Engenharia Civil visa aprofundar os conhecimentos obtidos no 1º ciclo de estudos em Engenharia Civil, assim como facultar novos conteúdos, de forma a proporcionar uma formação académica e profissional sólida e especializada.

O Mestrado em Engenharia Civil destina-se a Engenheiros, preferencialmente licenciados em Engenharia Civil, possibilitando aumentar a autonomia e as competências técnico-profissionais previamente adquiridas, bem como incrementar o gosto pela atividade de investigação.

A realização de visitas de estudo, conferências, seminários e workshops contribui igualmente para potenciar a vertente empírica do mestrado, preparando os futuros mestres para os problemas práticos que se colocam no quotidiano da Engenharia Civil.

Há ainda a oportunidade de uma preparação dirigida a uma matéria de interesse específico do mestrando, através da escolha livre de um tema e posterior investigação e elaboração da dissertação de Mestrado.

 

 

Engenharia Informática

No 2º ciclo de estudos em Engenharia Informática, seja no ramo de Sistemas de Informação e Multimédia ou no ramo de Computação Móvel, pretende-se proporcionar uma formação especializada, quer de cariz profissional quer de natureza académica, aprofundando os conhecimentos obtidos no 1º ciclo e introduzindo novas matérias correspondentes a conhecimentos especializados avançados, de forma a permitir:

  • O reforço do conhecimento tecnológico adquirido numa Licenciatura.
  • Treinar os futuros especialistas da indústria e da investigação.
  • Encorajar o desenvolvimento efetivo e completo de sistemas de informação multimédia e/ou de aplicações de computação móvel, recorrendo às mais recentes técnicas de projeto e engenharia de software.
  • introduzir e desenvolver métodos de aprendizagem autónoma ao longo da vida.

 

 

Fisioterapia

O Mestrado em Fisioterapia pretente:

  • Desenvolver um ensino estruturado e sistematizado no âmbito da avaliação, implementação de estratégias de intervenção e de prevenção na área da fisioterapia desportiva, na área da senescência e na área materno infantil através de uma metodologia científica e de uma reflexão multidisciplinar, visando ultrapassar a formação dos diferentes profissionais que intervêm nesta área.
  • Adquirir um espírito científico crítico que lhes permita desenvolver e coordenar projectos de investigação aplicada neste âmbito.
  • Desenvolver a capacidade de utilizar os métodos laboratoriais próprios e da aplicação em situações profissionais concretas.
  • Desenvolver a capacidade de planificar, avaliar, gerir e coordenar estudos científicos aplicados a estas áreas, os quais possam vir a ser publicados em revistas científicas.
  • O Mestrado tem uma duração de 4 semestres (120 ECTS),
  • O grau de mestre obtém-se após aprovação na componente lectiva e na respectiva dissertação de mestrado.

 

 

Psicologia Clínica e da Saúde

A Psicologia Clínica e a Psicologia da Saúde são as duas áreas da Psicologia que, no seu conjunto, tendem a agregar um maior número de profissionais, não só mas também em Portugal. Para além dos papéis mais tradicionais, como a avaliação e intervenção psicológica (individual ou em grupo) com indivíduos com psicopatologia e/ou doença crónica, a intervenção junto dos outros significativos do cliente, o desenvolvimento e implementação de programas de educação para a saúde (mental), a promoção do bem-estar de indivíduos saudáveis, a colaboração com equipas multidisciplinares de cuidados de saúde (p.e., na adesão à terapêutica, preparação da cirurgia ou exames complexos), a investigação na óptica biopsicossocial, a estimulação cognitiva, entre muitos outros, requerem uma formação especializada, cuja relevância é cada vez mais reconhecida.

A equipa de docentes especializados em Psicologia Clínica/da Saúde, bem como a existência da Clínica Pedagógica de Psicologia e do Hospital-Escola, onde docentes e discentes têm um papel activo, os protocolos com instituições onde são desenvolvidas atividades práticas (p.e., estágios curriculares) são alguns dos garantes da qualidade do processo de ensino-aprendizagem do Mestrado em Psicologia Clínica e da Saúde.

Para além atividade letiva, o sucesso neste Mestrado requer o desenvolvimento de competências de investigação, avaliação e intervenção psicológicas. Consequentemente, pretende-se que os mestrandos aprofundem os seus conhecimentos e desenvolvam as suas competências no âmbito da Psicologia Clínica e da Saúde. Assim, a componente prática do curso permitirá aos mestrandos treinar competências de avaliação e intervenção psicológicas, bem como contribuir para a investigação que se realiza na área.

 

 

Psicologia da Justiça – Vítimas de Violência e de Crime

A área da Psicologia ligada à Justiça apresenta-se no nosso país como uma área emergente a nível profissional, facto que decorre, em muito, da adjacência, cada vez mais evidente entre a Psicologia e a Lei. A preocupação pelo apoio à vítima justiça, pela segurança, bem-estar social, a prevenção criminal faz com que a formação de profissionais na área da psicologia da justiça, com especial foco no estudo das vítimas de violência e de crime, seja uma necessidade crescente, capaz de apoiar expressivamente a cooperação multidisciplinar, ao contribuir com uma perspetiva de estudo e análise mais sociopsicológica dos fenómenos de âmbito jurídico.

A existência de um quadro de docentes com formação especializada na área e a componente prática que é possível ver associada, não só pela existência de uma Clínica Pedagógica de Psicologia, mas pela experiência prática de alguns dos docentes no campo de intervenção da Justiça, como técnicos, peritos forenses ou mesmo psicoterapeutas nestas áreas, credibilizam a vertente do ensino ministrado ao nível deste Mestrado.

Este mestrado, para além de um bom suporte académico, exige um trabalho de investigação contínuo, complementar à atividade letiva. Assim figuram entre os principais objetivos deste Mestrado o aprofundar o conhecimento nos domínios da psicologia ligada à justiça, sendo central para a prossecução deste propósito a capacitação do aluno para a prática de investigação e/ou intervenção com vítimas de violência e de crime.

 

Mais informações

Para mais informações, clique aqui e entre em contato com a nossa equipe!

 

Post atualizado em 23 de Junho de 2020.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *