Doutorado em Regime Intensivo em Portugal

Doutorado em Regime Intensivo em Portugal

Doutorado em Regime Intensivo em Portugal

Cursos de Doutorado para quem tem pressa!
Descubra os cursos disponíveis e inscreva-se em um doutorado em regime intensivo em Portugal!

 

Candidatura para os cursos abaixo – FAUL | Ano Letivo 2021/2022

Candidatura: Existe uma fase única de candidaturas aos cursos de doutoramento em regime intensivo que decorre nos meses de agosto e setembro e cuja divulgação dos resultados ocorre até ao início de outubro. | As entrevistas e seleções decorrem nas duas semanas seguintes ao término do prazo das candidaturas.
Inscrições: Na 1.ª semana de janeiro para todos os alunos.

Duração do Regime Intensivo: 5 semanas de aula por semestre, as aulas decorrem todos os dias da semana, nos períodos entre as 08h30-13h e 14h-19h.
* 5 semanas de aulas, mais período de avaliação (onde são garantidas as horas de contacto previstas no Plano de Estudos). As avaliações ocorrem em época normal e recurso ou melhoria no final de cada semestre e após estarem garantidas as horas de trabalho prevista no Plano de Estudos.
Início do curso: Segunda-feira da 2ª semana de Janeiro.
Fim do 1° ano curricular: Final de julho com a realização das avaliações durante os meses de novembro e dezembro.

Taxa de Candidatura: 100€ | Propina anual: 6.500€ | Seguro escolar: 1,43€ | Taxa administrativa: 40€

 

Opções de Cursos

Doutorado em Arquitetura | FAUL

O curso organiza-se segundo cinco especialidades: Teoria e Prática do Projeto, Teoria e História, Tecnologia e Gestão da Construção, Desenho e Computação, e Conservação e Reabilitação, bem como a partir de várias linhas de investigação de natureza transdisciplinar. Dada a sua relação com o centro de investigação (CIAUD), estas linhas enquadram estudantes, investigadores e professores em projetos de investigação financiados, direcionados para as necessidades do mercado profissional e da sociedade atual.

 

Doutoramento em Design | FAUL

O curso organiza-se a partir de várias linhas de investigação de natureza transdisciplinar. Dada a sua relação com o centro de investigação (CIAUD), estas linhas enquadram estudantes, investigadores e professores em projetos de investigação financiados, direcionados para as necessidades do mercado profissional e da sociedade atual.

 

Candidatura para os cursos abaixo | Ano Letivo 2021/2022

Candidaturas: em breve
Divulgação dos resultados:
em breve
Matrículas:
em breve
Período letivo:
1ª ano letivo – de janeiro a fevereiro de 2021 | 2ª ano letivo – de janeiro a fevereiro de 2022 | Horário integral de segunda a sexta-feira e sábados de manhã.
*Datas a confirmar
Taxa de Candidatura com a EduPortugal: 250€ | Matrícula, incluido seguro escolar: 360€

*A realização dos cursos em qualquer regime e horário está condicionada a um número mínimo de alunos.
Para realizar a sua candidatura, entre em contato com a nossa equipe e saiba quais são os documentos necessários.

 

Opções de Cursos

Ciências da Informação

O Programa Doutoral em Ciências da Informação da Universidade Fernando Pessoa propõe o estudo e aprofundamento das questões associadas com o uso, exploração, disseminação da informação, a emergência da importância dos dados como novo capital e a crescente importância do conhecimento no contexto da atividade humana. Possuindo um corpo docente com vasto currículo científico, docente e profissional, com ampla experiência na liderança e participação em projetos e na orientação de doutoramentos, o 3.º ciclo de estudos em Ciências da Informação organiza-se em torno de duas especialidades:

  • Jornalismo e Estudos Mediáticos
  • Sistemas, Tecnologias e Gestão da Informação

A especialidade de Jornalismo e Estudos Mediáticos privilegia candidatos que desejem realizar investigação nos campos dos estudos do jornalismo e das estratégias e meios de comunicação em sociedade, incluindo estudos sobre comunicação organizacional, publicidade, Internet e redes sociais.

A especialidade de Sistemas, Tecnologias e Gestão da Informação toma por base o digital e o recurso a meios de computador e redes, de modo a estudar o desenvolvimento, a adoção, o impacto e criação de novas propostas que visem a melhoria de condições e o aumento de qualidade de vida, das pessoas e organizações. Entre as áreas de trabalho, estão o estudo e a modelação de dados e informação para a constituição de aplicações ou a explicação da atividade humana, bem como a preocupação com práticas e modelos para gestão da informação que lidem com o excesso de informação e a crescente complexidade e sofisticação de sistemas de base eletrónica.

 

 

Ciências da Terra

O Doutoramento em Ciências da Terra da Universidade Fernando Pessoa foi delineado no sentido de suprir a necessidade de preparação avançada, em Portugal, de especialistas nos domínios dos Sistemas Petrolíferos e das tecnologias de Captação, Utilização e Armazenamento de Dióxido de Carbono e temáticas associadas. Neste sentido, este 3º Ciclo de Bolonha está organizado em duas especialidades:

  • Sistemas Petrolíferos e Problemas de Energia
  • Georriscos, Emissões Gasosas e Sequestração Geológica de CO2

 

 

Desenvolvimento e Perturbações da Linguagem

O 3º ciclo em Desenvolvimento e Perturbações da Linguagem visa o estudo orientado avançado em áreas especializadas das ciências da fala, linguagem e audição, tendo como principal finalidade o desenvolvimento da capacidade de pesquisa autónoma, fundamental ou aplicada, nos dois ramos de especialização que integra: “Desenvolvimento Psico e Neurolinguístico” e “Perturbações da Linguagem”. Para o efeito, compreende, no seu 1º ano, um curso de doutoramento dirigido à formação para a investigação, bem como ao aprofundamento de temas sobre a comunicação e seus distúrbios, de modo a fornecer aos estudantes, com ou sem origens clínicas nestas áreas, a especialização necessária com vista à elaboração das suas teses.

Incidindo numa temática de grande atualidade e de crescente importância, este 3º ciclo de estudos privilegia uma formação inter e transdisciplinar, onde vários saberes, como a linguística, a psicologia, a medicina e as neurociências, se cruzam em favor de um interesse em comum no domínio das ciências da linguagem: aumentar a compreensão sobre os aspetos normais e patológicos do seu desenvolvimento e processamento, procurando, deste modo, contribuir para a produção de conhecimento com possível aplicação nos campos da saúde e da educação.

 

 

Ecologia e Saúde Ambiental

O 3º Ciclo de Estudos em Ecologia e Saúde Ambiental encontra-se organizado em 6 semestres, fazendo uma gestão equilibrada entre a preparação metodológica dos alunos para a investigação, que têm de levar a cabo, e a efetiva elaboração da sua tese sob a supervisão do orientador.

Uma parte escolar durante a qual os alunos estudarão matérias relacionadas com os métodos de análise científica, qualitativa e quantitativa; com o desenho do projeto de dissertação; com a escrita argumentativa e expositiva adequada a uma tese doutoral, bem como matérias relevantes na área Ecologia e Saúde Ambiental.

Terminada esta parte escolar, os quatro semestres seguintes são dedicados à elaboração orientada da tese, durante a qual o contacto do orientando com o seu orientador ocorrerá com a frequência e a intensidade necessárias à boa consecução do trabalho científico previamente estabelecido.

 

Mais informações

Para mais informações, clique aqui e entre em contato com a nossa equipe!

Post atualizado em 23 de Junho de 2020.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *